Estado de Goiás
Câmpus de Ciências Sócio-Econômicas e Humanas

História  

Site Memorial Facea Uniana

O Campus de Ciências Socioeconômicas e Humanas (CCSEH) da UEG tem sua origem na Faculdade de Ciências Econômicas de Anápolis (FACEA), criada através da Lei Estadual n.º 3.430, sancionada em 05 de julho de 1961, sendo um dos mais antigos da UEG, com o seu primeiro Curso de Graduação em Ciências Econômicas. A partir de 1984, foram autorizados a funcionar nessa Instituição os Cursos de Administração e Ciências Contábeis; e em 1986, foram criados os cursos de Licenciatura Plena em Geografia, História, Letras, Ciências – Licenciatura de 1º Grau, e o de Tecnologia em Processamentos de Dados. Em 1990, a Faculdade de Ciências Econômicas de Anápolis (FACEA) se transformou em Universidade Estadual de Anápolis (UNIANA), por meio da Lei Estadual n.º 3.355 de 9 de fevereiro de 1990. A UNIANA abrigava 11 cursos e possuía também em sua estrutura organizativa, uma Unidade de Ensino de Educação Básica, o Colégio de Aplicação Dr. César Toledo, que servia como campo de estágio aos alunos dos cursos de licenciatura. A estrutura acadêmica da UNIANA era constituída por três Centros: o Centro de Ciências Humanas e Letras (CCHL), que era composto pelos Departamentos de Letras, Ciências Sociais, Pedagógico e Prática de Ensino; o Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CCET), que era composto pelos Departamentos de Ciências Biológicas, Ciências Exatas, Engenharia e Informática; e o Centro de Ciências Socioeconômicas (CCSE) – que era composto pelos Departamentos de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas. Os cursos que constituíam o Centro de Ciências Humanas e Letras, o Centro de Ciências Socioeconômicas e o curso de Tecnologia em Processamento de Dados (pertencente ao Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas) funcionavam na sede da UNIANA, no Bairro Jundiaí. Os cursos de Licenciatura em Biologia, Química e o curso de Engenharia Civil e o Colégio de Aplicação Dr. César Toledo funcionavam no que se chamavam de anexo, no Bairro Alexandrina. Em 1999 quando a UNIANA foi transformada em UEG, as mudanças ocorridas na estrutura organizativa da instituição extinguiu os Centros de Ciências Humanas e Letras e o de Ciências Socioeconômicas, que passaram a compor uma das Unidades Universitárias da UEG: a Unidade de Ciências Sócio-Econômicas e Humanas, hoje denominada Campus de Ciências Socioeconômicas e Humanas.

Atualmente, o Campus de Ciências Socioeconômicas e Humanas/CCSEH, para dar suporte aos seus Cursos de Graduação, conta com um acervo de 22.000 obras em sua biblioteca, 02 laboratórios de informática, 17 laboratórios específicos: Centro Interdisciplinar de Estudos África-Américas (CieAA), Centro de documentação de História (CEDOC) e o Laboratório de Ensino e Pesquisa em História (LABORHIS),  todos do Curso de História; Centro de Idiomas, sob responsabilidade do Curso de Letras; Empresa Junior e o Núcleo de Pesquisa em Administração (NEPAD) do Curso de Administração; Laboratório de Pedagogia (LAPE) sob responsabilidade do Curso de Pedagogia; Laboratório de Geoprocessamento (LABOGEO) e o Laboratório de Geografia Humana e Regional (LAGUR), do Curso de Geografia; Núcleo de Assessoria Empresarial (NAE), do Curso de Ciências Contábeis; Núcleo de Pesquisas Econômicas (NEPE), o Centro Interdisciplinar  de Estudos e Pesquisas Rurais (CEPRur) e o Centro de Estudos sobre Trabalho, Território e Desenvolvimento (CeTTeD), do Curso de Ciências Econômicas; Laboratório de Mídias Interativas/Laboratório de Formação do Educador (LIM/LIFE) vinculados às licenciaturas; Laboratório Universitário de Pesquisa e Produção Áudio-visual (LUPPA) e Laboratório Interdisciplinar em História e Cultura do Cerrado (LAPIHCER), vinculados ao TECCER. A sede do Centro de Estudos e Pesquisa em Didática (CEPED) encontra-se em Anápolis, uma associação civil sem fins lucrativos, fundada em 2001 e fazem parte as quatro instituições universitárias: Universidade Estadual de Goiás (UEG), Centro Universitário de Anápolis (UniEVANGÉLICA), Universidade Federal de Goiás (UFG) e Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC). O CCSEH conta ainda com 01 copiadora, 01 sala de atendimento odontológico, 01 sala de atendimento psicológico, 01 área de alimentação, 01 auditório e 01 ginásio. Para atender ao Convênio aprovado pela CAPES/UFRJ/UEG, visando oferecer o Programa de Doutoramento em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento (Dinter), foi criado um ambiente específico para as atividades de Pós-Graduação Scricto Sensu, com sala para atendimento individual, estudos em grupo, laboratório de informática e sala de aula preparada com tecnologias educacionais. Em dezembro de 2011, foi aprovado o primeiro curso de Mestrado Acadêmico do CCSEH/UEG: Educação, Linguagem e Tecnologias. Trata-se de um curso interdisciplinar que busca a qualificação, em nível avançado, dos profissionais das áreas de Ciências Humanas, Sociais, Letras, Linguística e Artes e em 2012 foi aprovado o Mestrado em Territórios e Expressões Culturais no Cerrado que apresenta uma proposta interdisciplinar de estudos sobre o Cerrado.

Como elemento fundamental, o CCSEH conta com uma equipe técnico-administrativa de 53 servidores qualificados e comprometidos com o uso racional e respeitoso do bem público. O Campus conta também com uma representação estudantil significativa e participativa (são cerca de 1.292 jovens matriculados). Quanto ao quadro docente, atuam no CCSEH cerca de 134 professores qualificados, na maioria doutores e mestres. O Campus possui ainda professores licenciados (em afastamento) para qualificação. Cumprindo o seu papel, o CCSEH promove uma série de atividades de pesquisa, de extensão e de ensino, articuladas e inseridas ao contexto da cidade de Anápolis, as quais são objetos de destaque nos diversos eventos realizados durante o ano letivo e nas atividades de reconhecimento, como o Prêmio de Iniciação Científica do CCSEH, o Prêmio Professor-Pesquisador (diretamente relacionado ao primeiro) e o Prêmio de Monografia do Curso de Ciências Econômicas.

Entendemos que a vocação do CCSEH, como integrante-participativa da UEG, é ter a sociedade como seu princípio e sua referência normativa e valorativa, e sua pauta de ação com qualidade, orientada por princípios éticos e democráticos, para que os resultados de sua ação educativa contribuam com a melhoria da qualidade de vida dos indivíduos e com o desenvolvimento de cidade de Anápolis, da região e do país. 

 

BR 153 Quadra Área, Km 99, Anápolis-Goiás